Farmácia Portela

O NOSSO BLOG

O NOSSO BLOG

Dia Mundial da Saúde Oral – A importância da Higiene Oral

O Dia Mundial da Saúde Oral assinala-se a 20 de março, uma iniciativa da World Dental Federation que tem como objetivo reforçar a importância da saúde oral e incentivar as pessoas a adotar hábitos saudáveis de higienização.

Detalhes como escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, usar acessórios de limpeza além da escova, ir ao dentista e seguir uma dieta livre de açúcares estão na ordem do dia.

Este dia é também uma oportunidade para relembrar a importância que a saúde oral tem para a saúde geral do restante organismo na medida em que diferentes afeções da boca podem desencadear outras patologias extra bucais. Do mesmo modo, por exemplo, problemas gástricos podem manifestar-se na boca (exemplo da hiperacidez gástrica na formação de aftas).

5 Razões da importância da Higiene Oral:

  • Prevenção de cáries;
  • Desenvolvimento saudável dos dentes e gengivas;
  • Prevenção de doenças periodontais;
  • Melhoria de autoestima;
  • Desenvolvimento de hábitos saudáveis.

A higiene oral é fundamental para todos, logo após o nascimento dos primeiros dentes. É importante ensinar os mais pequenos a cuidar dos dentes e da boca, para que os pequenos e os seus dentinhos cresçam em plena saúde.

A escovagem regular dos dentes tem um papel fundamental na preservação da saúde oral. O objetivo desta é eliminar a placa bacteriana, uma película transparente composta por bactérias que se acumula na superfície dos dentes e que, na presença de hidratos de carbono (açúcares), produz ácidos que desmineralizam o dente, originando cáries. Não sendo removida diariamente, mineraliza e endurece, originando o tártaro que só poderá ser eliminado por profissionais de saúde oral.

Existem técnicas de escovagem específicas?

Sim, existem algumas técnicas de escovagem que são recomendadas para crianças, dependendo da idade e do desenvolvimento de suas habilidades motoras.

  • Antes dos primeiros dentes: quando o bebé ainda não tem dentes, devemos limpar a gengiva, utilizando para esse efeito dedeiras com cerdas em silicone que ajudam a limpar as gengivas e deste modo prepará-las para o rompimento dos primeiros dentinhos.
  • Até aos 2 anos: Após o aparecimento dos primeiros dentes de leite podemos substituir a dedeira pela escova adequada a bebés. Nesta fase o dentífrico já contém algumas doses de flúor e não se preocupe caso o seu bebé engula parte da pasta de dentes, este tipo de dentifrícios são seguros perante esta situação. A quantidade de pasta é equivalente a equivalente a um grão de arroz.
  • Dos 2 aos 6 anos: Por esta altura, a criança já quererá escovar os dentes sozinha, mas é muito importante que esta tarefa seja sempre supervisionada por um adulto. A escova de dentes passa a ser a infantil e a pasta de dentes utilizada passa a ser equivalente ao tamanho de uma ervilha.
  • A partir dos 6 anos: A criança já consegue manusear corretamente a escova de dentes, devendo haver supervisão de um adulto para garantir que tudo é feito corretamente, quer na forma correta, quer no timing. A escovagem deve durar cerca de 2 minutos e após as refeições.
  • Adultos: Idealmente devemos escovar os dentes após cada refeição. Existem kits para todos os gostos que pode trazer consigo para que possa escovar os dentes em qualquer lugar. Quanto à escova, temos à disposição cerdas suaves, médias e duras, mas não se engane, cerdas duras não limpam mais do que cerdas suaves. Uma escova dura desgasta mais o esmalte do dente, estando contra indicada em sensibilidade dentária. Acessórios como fio/fita dentária e escovilhão para espaçamento interdental passam a ser de uso tão obrigatório quanto a escova porque esta última não consegue limpar entre os dentes. Os elixires e irrigadores surgem para complementar a escovagem uma vez que o líquido consegue chegar a zonas onde a escova não chegou, criando ainda uma barreira para que a placa bacteriana não adira.

Ainda assim, mesmo com todos estes cuidados, devemos consultar um dentista para uma higiene mais profunda, duas vezes por ano.

Na Farmácia Portela encontra produtos para a higiene oral dos mais pequenos que vão ajudar a tornar esta atividade mais simples e mais divertida.

E não se esqueça, cuidar da sua higiene oral é fundamental!

POR: Joana Sousa (Farmacêutica, Farmácia Portela)

Gostou? Partilhe com os seus amigos!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Dia Mundial da Saúde Oral – A importância da Higiene Oral

O Dia Mundial da Saúde Oral assinala-se a 20 de março, uma iniciativa da World Dental Federation que tem como objetivo reforçar a importância da saúde oral e incentivar as pessoas a adotar hábitos saudáveis de higienização.

Detalhes como escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia, usar acessórios de limpeza além da escova, ir ao dentista e seguir uma dieta livre de açúcares estão na ordem do dia.

Este dia é também uma oportunidade para relembrar a importância que a saúde oral tem para a saúde geral do restante organismo na medida em que diferentes afeções da boca podem desencadear outras patologias extra bucais. Do mesmo modo, por exemplo, problemas gástricos podem manifestar-se na boca (exemplo da hiperacidez gástrica na formação de aftas).

5 Razões da importância da Higiene Oral:

  • Prevenção de cáries;
  • Desenvolvimento saudável dos dentes e gengivas;
  • Prevenção de doenças periodontais;
  • Melhoria de autoestima;
  • Desenvolvimento de hábitos saudáveis.

A higiene oral é fundamental para todos, logo após o nascimento dos primeiros dentes. É importante ensinar os mais pequenos a cuidar dos dentes e da boca, para que os pequenos e os seus dentinhos cresçam em plena saúde.

A escovagem regular dos dentes tem um papel fundamental na preservação da saúde oral. O objetivo desta é eliminar a placa bacteriana, uma película transparente composta por bactérias que se acumula na superfície dos dentes e que, na presença de hidratos de carbono (açúcares), produz ácidos que desmineralizam o dente, originando cáries. Não sendo removida diariamente, mineraliza e endurece, originando o tártaro que só poderá ser eliminado por profissionais de saúde oral.

Existem técnicas de escovagem específicas?

Sim, existem algumas técnicas de escovagem que são recomendadas para crianças, dependendo da idade e do desenvolvimento de suas habilidades motoras.

  • Antes dos primeiros dentes: quando o bebé ainda não tem dentes, devemos limpar a gengiva, utilizando para esse efeito dedeiras com cerdas em silicone que ajudam a limpar as gengivas e deste modo prepará-las para o rompimento dos primeiros dentinhos.
  • Até aos 2 anos: Após o aparecimento dos primeiros dentes de leite podemos substituir a dedeira pela escova adequada a bebés. Nesta fase o dentífrico já contém algumas doses de flúor e não se preocupe caso o seu bebé engula parte da pasta de dentes, este tipo de dentifrícios são seguros perante esta situação. A quantidade de pasta é equivalente a equivalente a um grão de arroz.
  • Dos 2 aos 6 anos: Por esta altura, a criança já quererá escovar os dentes sozinha, mas é muito importante que esta tarefa seja sempre supervisionada por um adulto. A escova de dentes passa a ser a infantil e a pasta de dentes utilizada passa a ser equivalente ao tamanho de uma ervilha.
  • A partir dos 6 anos: A criança já consegue manusear corretamente a escova de dentes, devendo haver supervisão de um adulto para garantir que tudo é feito corretamente, quer na forma correta, quer no timing. A escovagem deve durar cerca de 2 minutos e após as refeições.
  • Adultos: Idealmente devemos escovar os dentes após cada refeição. Existem kits para todos os gostos que pode trazer consigo para que possa escovar os dentes em qualquer lugar. Quanto à escova, temos à disposição cerdas suaves, médias e duras, mas não se engane, cerdas duras não limpam mais do que cerdas suaves. Uma escova dura desgasta mais o esmalte do dente, estando contra indicada em sensibilidade dentária. Acessórios como fio/fita dentária e escovilhão para espaçamento interdental passam a ser de uso tão obrigatório quanto a escova porque esta última não consegue limpar entre os dentes. Os elixires e irrigadores surgem para complementar a escovagem uma vez que o líquido consegue chegar a zonas onde a escova não chegou, criando ainda uma barreira para que a placa bacteriana não adira.

Ainda assim, mesmo com todos estes cuidados, devemos consultar um dentista para uma higiene mais profunda, duas vezes por ano.

Na Farmácia Portela encontra produtos para a higiene oral dos mais pequenos que vão ajudar a tornar esta atividade mais simples e mais divertida.

E não se esqueça, cuidar da sua higiene oral é fundamental!

POR: Joana Sousa (Farmacêutica, Farmácia Portela)

Gostou? Partilhe com os seus amigos!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

REGISTER

Your personal data will be used to support your experience throughout this website, to manage access to your account, and for other purposes described in our política de privacidade.