Farmácia Portela

O NOSSO BLOG

O NOSSO BLOG

Como Lidar com as Insónias? O Segredo para Dormir Melhor!

Os distúrbios do sono estão cada vez mais presentes na nossa sociedade.

Estudos indicam que as mulheres sofrem mais deste transtorno do que os homens, pela questão hormonal associada, adultos têm mais insónias do que as crianças por também terem mais razões para as ter e idosos mais do que adultos pela disfuncionalidade do próprio organismo. No entanto, esta situação é transversal a todos.

A principal causa é o estilo de vida. Neste artigo vamos falar da insónia, o que o pode deixar inquieto durante o sono e algumas dicas para melhorar.

De acordo com a Associação Portuguesa de Sono, cerca de metade da população portuguesa é afetada por distúrbios/perturbações do sono, sendo o principal a insónia, que afeta 25% da população.

São diversas as situações que podem dar origem a uma insónia:

  • A idade;
  • Trabalho por turnos;
  • Jet-lag;
  • Stress;
  • Menopausa:
  • Equipamentos eletrónicos:
  • Medicamentos;
  • entre outros..


Mas quais são os efeitos da insónia no organismo?

Uma boa higiene do sono é imperativa para que consigamos realizar as nossas tarefas ao longo do dia. A carência de descanso prejudica a função cognitiva, desregula o ciclo hormonal e enfraquece o sistema imunitário, provocando na maioria dos casos:

  • Hipersonolência diurna (excesso de sono durante o dia);
  • Cansaço;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldades de concentração;
  • Menor capacidade de memória;
  • Depressão;
  • Fome;
  • entre outros…


Também a ansiedade é uma outra causa sendo o distúrbio mental mais comum no mundo e de acordo com a 
Organização Mundial da Saúde, 3,6% da população mundial convive com ela.

Da questão “O que nasceu primeiro: o ovo ou a galinha” temos: o que vem primeiro: a ansiedade ou os problemas para dormir? Tanto a ansiedade causa problemas para dormir, quanto dormir mal pode causar ansiedade. Essa ansiedade na hora do sono funciona em efeito bola de neve: quanto mais difícil é adormecer, mais ansioso fica. 

Por isso é tão importante praticar a higiene do sono e, pouco a pouco, criar uma rotina que diminua a hiperexcitação e prepare a cabeça para dormir. 

Dicas para dormir bem:

  • Regularize os seus hábitos de sono, melhore o ambiente do local onde dorme e procure resolver os problemas que lhe provocam stress. Caso seja necessário, existem suplementos que o podem ajudar a relaxar, a adormecer ou a manter um sono contínuo. 
  • Procure manter os seus horários de acordar e deitar consistentemente, mesmo nos fins de semana. Com o passar do tempo, esta prática fica cada vez mais fácil.
  • Evite os excessos de álcool e estimulantes como a cafeína e o tabaco.

  • Afaste a prática de desporto da hora de ir dormir. O exercício físico tem efeito estimulante.

  • Evite ficar na cama sem sono. Isso aumentar a ansiedade.

  • Evite usar equipamentos eletrónicos ou consumir alimentos pesados, antes de ir dormir.

  • Organize o dia seguinte antes de ir para a cama, separar a roupa do dia seguinte e fazer uma lista de tarefas pode ajudar a diminuir a hiperexcitação mental noturna. 

  • Por fim, pode experimentar uma meditação guiada ou exercícios de respiração, que ajudam a focar em algo que não atrapalhe o sono.

 

A dica mais importante: não hesite em procurar ajuda. Os distúrbios de ansiedade são transtornos psicológicos que rapidamente trazem consequências físicas.

Visite-nos. Teremos todo o gosto em tratar de si, nos dias e nas noites.

POR: Joana Sousa (Farmacêutica, Farmácia Portela)

Gostou? Partilhe com os seus amigos!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Como Lidar com as Insónias? O Segredo para Dormir Melhor!

Os distúrbios do sono estão cada vez mais presentes na nossa sociedade.

Estudos indicam que as mulheres sofrem mais deste transtorno do que os homens, pela questão hormonal associada, adultos têm mais insónias do que as crianças por também terem mais razões para as ter e idosos mais do que adultos pela disfuncionalidade do próprio organismo. No entanto, esta situação é transversal a todos.

A principal causa é o estilo de vida. Neste artigo vamos falar da insónia, o que o pode deixar inquieto durante o sono e algumas dicas para melhorar.

De acordo com a Associação Portuguesa de Sono, cerca de metade da população portuguesa é afetada por distúrbios/perturbações do sono, sendo o principal a insónia, que afeta 25% da população.

São diversas as situações que podem dar origem a uma insónia:

  • A idade;
  • Trabalho por turnos;
  • Jet-lag;
  • Stress;
  • Menopausa:
  • Equipamentos eletrónicos:
  • Medicamentos;
  • entre outros..


Mas quais são os efeitos da insónia no organismo?

Uma boa higiene do sono é imperativa para que consigamos realizar as nossas tarefas ao longo do dia. A carência de descanso prejudica a função cognitiva, desregula o ciclo hormonal e enfraquece o sistema imunitário, provocando na maioria dos casos:

  • Hipersonolência diurna (excesso de sono durante o dia);
  • Cansaço;
  • Irritabilidade;
  • Dificuldades de concentração;
  • Menor capacidade de memória;
  • Depressão;
  • Fome;
  • entre outros…


Também a ansiedade é uma outra causa sendo o distúrbio mental mais comum no mundo e de acordo com a 
Organização Mundial da Saúde, 3,6% da população mundial convive com ela.

Da questão “O que nasceu primeiro: o ovo ou a galinha” temos: o que vem primeiro: a ansiedade ou os problemas para dormir? Tanto a ansiedade causa problemas para dormir, quanto dormir mal pode causar ansiedade. Essa ansiedade na hora do sono funciona em efeito bola de neve: quanto mais difícil é adormecer, mais ansioso fica. 

Por isso é tão importante praticar a higiene do sono e, pouco a pouco, criar uma rotina que diminua a hiperexcitação e prepare a cabeça para dormir. 

Dicas para dormir bem:

  • Regularize os seus hábitos de sono, melhore o ambiente do local onde dorme e procure resolver os problemas que lhe provocam stress. Caso seja necessário, existem suplementos que o podem ajudar a relaxar, a adormecer ou a manter um sono contínuo. 
  • Procure manter os seus horários de acordar e deitar consistentemente, mesmo nos fins de semana. Com o passar do tempo, esta prática fica cada vez mais fácil.
  • Evite os excessos de álcool e estimulantes como a cafeína e o tabaco.

  • Afaste a prática de desporto da hora de ir dormir. O exercício físico tem efeito estimulante.

  • Evite ficar na cama sem sono. Isso aumentar a ansiedade.

  • Evite usar equipamentos eletrónicos ou consumir alimentos pesados, antes de ir dormir.

  • Organize o dia seguinte antes de ir para a cama, separar a roupa do dia seguinte e fazer uma lista de tarefas pode ajudar a diminuir a hiperexcitação mental noturna. 

  • Por fim, pode experimentar uma meditação guiada ou exercícios de respiração, que ajudam a focar em algo que não atrapalhe o sono.

 

A dica mais importante: não hesite em procurar ajuda. Os distúrbios de ansiedade são transtornos psicológicos que rapidamente trazem consequências físicas.

Visite-nos. Teremos todo o gosto em tratar de si, nos dias e nas noites.

POR: Joana Sousa (Farmacêutica, Farmácia Portela)

Gostou? Partilhe com os seus amigos!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

REGISTER

Your personal data will be used to support your experience throughout this website, to manage access to your account, and for other purposes described in our política de privacidade.